Introdução a Redes de computadores IPV6

 Versão mais atual doProtocolo de Internet. Oficializada em 6 de junho de 2012. O protocolo vem sendo implantado gradativamente naInternet. Em longo prazo, o IPV6 tem como objetivo substituir o IPV4, que suporta apenas cerca de 4 bilhões (4x109) deendereços IP, contra 3.40282367 × 1038. O IPV6 foi criado com base no IPV4 teve uma modificação evolutiva. Porem eles não se comunicam, um Host que usa conexão IPV4 não conversão com outro que utiliza IPV6.


Um endereço IPV6 contém 128 Bits, separados em blocos de 16 bits, usando dois pontos (:) e cada bloco de 16 bits é convertido em números hexadecimais de 4 dígitos. Um exemplo de IPV6:2001:0000:0000:9e50:28ae:8a4a:375e:5614Para facilitar um pouco a leitura podemos suprimir os zeros repetidos de um bloco, mas não por completo, pois cada em cada bloco deve haver pelo menos um digito. Um exemplo de IPV6 onde os zeros repetidos foram suprimidos: 2001:0: 0:9e50: 28ae: 8a4a: 375e: 5614 

Neste caso temos uma sequencia contínua de 2 blocos de 16 bits com o valor 0. O IPV6 permite neste caso usar a sintaxe: para representá-los facilitando ainda mais a leitura. No entanto essa substituição pode ser feita uma única vez em cada endereço, não importando a quantidade de blocos contendo zeros para não gerar ambiguidade (veja os exemplos). 

Exemplo de IPV6 onde os blocos contendo zeros foram substituídos pela sintaxe permitida: 2001:0DB8:0000:0000:130F:0000:0000:140B. 

Forma simplificada, ficando simplesmente 2001:DB8:0:0:130F::140B. 

 

Mesmo suportando um numero considerável de endereços é necessário fazer separações. O prefixo IPV6 e similar ao IPV4 e suas classes de rede e estes são expressos da mesma forma que o CIDR (Classes inter-Dormain Routing), ou seja, a/para o identificador da rede. 

O prefixo é definido pelos primeiros bits do endereço e esse campo variável é denominado Format Prefix (FP). O FP determina também os diferentes usos de endereços utilizados na rede. 

 

 

Tipos de endereço IPV6 

 

Assim como o IPV4 e dividido em classes, o IPV6 também e dividido em Três tipos diferentes de endereços. 

De modo geral, um endereço IPV6 faz parte de uma das seguintes categorias: unicast, multicast e anycast. Tal característica serve, basicamente, para permitir uma distribuição otimizada de endereços e possibilitar que estes sejam acessados mais rapidamente, de acordo com as circunstâncias. Vejamos brevemente cada um dos tipos.  

 

FormaUnicast      Identificação individual  

Existem três tipos de unicast  

 

Unicast Global: Equivalentes aos endereços públicos do IPV4, o endereço Unicast Global é globalmente roteável e acessível na internet IPV6.   

Este endereço e utilizado para conectar-se a internet que fica com a faixa de 2000::/3 que ocupa 13% da faixa de IP de todo o IPV6. 

 (/3) significa que os três primeiros bits estão fixos e não podem ser alterados. 

De 2000:0000:0000:0000:0000:0000:0000:0000:0000 ate 3FFF:FFFF: FFFF: FFFF: FFFF: FFFF: FFFF: FFFF são endereços Globais validos na internet.   

 

Link LocalNo IPV4 este endereço e auto configurado quando o host não consegue consultar o servidor DHCP. No IPV6 este endereço sempre esta presente, qualquer equipamento que esteja preparado para usar IPV6 mesmo que na rede não tenha IPV6 ao dar um comando ipconfig você encontrará o endereço FE80::/64 seguido de alguma sequencia de números. 

 

Unique Local Address: Endereço com grande possibilidade der globalmente único, ele e utilizado apenas para comunicação em rede local, geralmente dentro de um mesmo elance ou um conjunto de elances. 

 

FormaAnycast     Identificação Seletiva 

 

O Anycast quebra a regra de um endereço para apenas um computador sem possibilidade de erro, colocando em mais de uma maquina, Por Exemplo.   

Utilizado para redundância para em caso de falha ou erros o serviço não para possibilitando os usuários estarem sempre conectado.  

 

 

 

FormaMulticast   Identificação em Grupo 

 

Endereços multicast são essenciais para o funcionamento da rede local  

Não existe mais Broadcastresponsável por direcionar os pacotes para os nos de um mesmo domínio. Essa função foi atribuída á tipos específicos de endereços multicast.   

Postar um comentário

0 Comentários