Clique aqui e confira este Super Tablet

quinta-feira, 11 de maio de 2017

Link simbólico e Hard-link

Podemos definir os links como um mecanismo que faz referência de um arquivo ou diretório em uma localização diferente, a grosso modo e como se estivéssemos criando dois caminhos para um único arquivo sendo um deles curto e outro muito longo. No Linux os links são muito utilizado por software nos arquivos de biblioteca, ao invés de criar uma cópia do arquivo e utilizado os links economizando espaço em disco e recurso do sistema.


Os links simbólicos são identificados com a letra "l' quando utilizado o comando "ls -l",

No Linux podemos trabalhar com os links de 2 maneiras:
Soft-Link - Link Simbólico;
Hard-Link - Link Físico.
  
Tipo simbólico 

No link simbólico criamos um atalho para conseguir um determinado arquivo ou diretório que esta em outra localidade no seu sistema ou partição.

Exemplo da sintaxe do comando para criar um link:

ln -s /var/qmail/bin/sendmail /usr/sbin/mail

Características do link simbólico:

Posso criar links simbólicos em arquivos e diretórios;
O link simbólico pode ser criado em partições diferentes;
Se o link simbólico for apagado somente o link será apagado;

Tipo Físico

Diferente do soft-link o hard-link trabalha apontando para o inode do arquivo alvo assim o arquivo será o mesmo e será possível acessá-los de locais diferentes e se eu pagar um deles, não perderei acesso ao outro. 

Características:

Não é possível criar um hard-link para um diretório;
Somente é possível fazer hard-link em arquivos que estejam em uma mesma partição de disco pois o inode se repete em partições deferente;
Se o hard-link for apagado, você estará apagando o arquivo alvo;

Que saber um pouco mais sobre o link simbólico e hard-link assista o vídeo abaixo.


Nenhum comentário: